Início Blog da Lena Adolescência Um jogo para mostrar como a gravidez na adolescência pode interromper sonhos...

Um jogo para mostrar como a gravidez na adolescência pode interromper sonhos profissionais

Como prometido no post anterior, trago aqui uma outra proposta de dinâmica para  trabalhar a prevenção da gravidez na adolescência. Ela vai mostrar, especificamente, como uma gravidez na adolescência pode alterar os projetos profissionais.

Antes de por as mãos à obra, gostaria de fazer uma breve introdução.

Durante o período de pesquisa para realização do projeto Vale Sonhar (mencionado no post anterior, veja aqui), me deparei com a seguinte frase de um ilustre conterrâneo meu, o senador alagoano Teotônio Vilela (1917-1983): “O sonho é próprio de todos nós. Não há nenhuma realidade, sem que antes se tenha sonhado com ela”.

Portanto, meus queridos professores, é imprescindível fazer nossos alunos sonharem. E uma boa forma de fazer isso é abordar as expectativas da moçada em relação ao seu futuro profissional. Então, ao trabalho.

Como fazer os alunos sonharem?

Para sonhar com algo é preciso admirar. E para admirar é necessário conhecer. Assim, antes de qualquer coisa, desperte o interesse de seus alunos em conhecer as profissões. Uma forma de fazer isso é aplicar uma espécie de jogo usando uma dinâmica de grupo que defina uma pontuação para cada atividade que eles fizerem. Se usada de forma lúdica, a competição é um ótimo estimulante à participação neste tipo de ação.

Nome da atividade: Escolha Profissional

Objetivo

Estimular a prevenção de gravidez na adolescência por meio da percepção do impacto que ela pode causar nas escolhas profissional.

Conteúdo 
– Gravidez na adolescência
– Alternativas profissionais

Ano
1º ano do Ensino Médio

Tempo estimado
Uma aula

Material necessário
Papel sulfite
Caneta
Bexigas

Desenvolvimento
1ª etapa
Comece perguntando aos alunos quem já sabe qual profissão irá seguir. Provavelmente, poucos irão se manifestar. Mesmo assim, peça para que eles falem o que gostariam de ser. Isso vai estimular o grupo a pensar sobre as profissões existentes.

2ª etapa 
Divida a turma em quatro grupos e peça que cada grupo se acomode num canto da sala. Em seguida, peça que cada grupo escolha um relator. Explique que eles farão o jogo sobre as profissões. Entregue para cada grupo uma folha de papel sulfite, onde eles deverão escrever o nome de todas as profissões que conhecem, a partir do momento que for anunciado o início do jogo pelo professor. Eles terão cinco minutos para fazer a atividade. Para cada profissão escrita e aceita como tal pelos grupos, o grupo da vez ganha 01 ponto.

3ª etapa 
Tem início a competição. O professor pode usar um apito para este anúncio, bater palmas ou simplesmente informar que começou a valer o tempo.

Os relatores devem escrever as profissões que seus colegas de grupo falarem. Durante este tempo, o professor deve passar de grupo em grupo estimulando sua produção e tirando dúvidas.

Passados os cinco minutos, o professor anuncia o término do tempo e pede para os relatores de cada grupo se dirigirem ao centro da sala para a leitura em voz alta das profissões listadas por cada grupo. Cada atividade enunciada deve ser aprovada como profissão pela maioria dos alunos para que o grupo receba os pontos.

4ª etapa
Agora o professor fala que dois grupos irão representar um garoto e os outros dois uma garota. Eles devem construir um personagem com um nome – que não pode ser de ninguém da turma –, com uma idade aproximada ou igual à deles e na mesma condição social e econômica.

Em seguida, o grupo deve escolher dentre as profissões que listou, aquelas que o seu personagem teria condições de exercer. O relator deve colocar um S (simbolizando sim) para aquelas que forem escolhidas.

Depois de alguns minutos, quando os grupos estiverem bem concentrados, já finalizando as escolhas das profissões, o professor deve inserir um fator surpresa: ele entrega a cada grupo uma bexiga cheia e diz que isto significa uma gravidez. Quer dizer que o seu personagem “ficou grávida (o)”.

Eles devem reler suas escolhas e ver se será necessária alguma alteração por conta da novidade. Caso eles julguem que o personagem grávido não conseguirá atingir seus objetivos tendo engravidado na adolescência, eles devem escrever ao lado do “S” a sigla “NG” – ( que significa não quando grávida(o))

Para atividade listada que recebeu apenas S, o grupo ganha mais um ponto.

Quando os grupos estiverem prontos, eles devem apresentar seu personagem, contar quais as profissões que tinham escolhido para ele e quais depois de aparecer a gravidez ele de fato poderia vir a cursar ou exercer. O professor pontua os grupos, anuncia o vencedor e, em seguida, abre para uma discussão sobre o impacto da gravidez nas escolhas profissionais.

Avaliação
Peça que os alunos escrevam em uma tira de papel qual o impacto que uma gravidez na adolescência poderia causar na escolha profissional deles.

Mantenha o assunto em pauta
Para quem quiser outras opções para dar sequência a esse trabalho, indico três sites que disponibilizam gratuitamente dinâmicas que podem ser adequadas à realidade de sua escola: o do Instituto de Biologia da USP, o Sexualidade da UFABC e o Manual do Multiplicador

Gostou das sugestões? Tem alguma sugestão de dinâmica para indicar? Compartilhe suas experiências com a gente!